O que visitar em Paris: 12 lugares secretos a conhecer

Há tantas opções do que visitar em Paris – a Torre Eiffel, o Museu do Louvre, a Notre Dame. A lista é interminável.

Mas há também muitos sítios onde consegues fugir ao caos turístico. Aqui vão 12 lugares menos concorridos, escolhidos a dedo do nosso guia da cidade de Paris, momondo places. Descarrega já gratuitamente!

Gaîté Lyrique

1-La-Gaite-Lyrique-museus-em-paris-o-que-fazer-em-Paris

Visita o museu Gaîté Lyrique em Paris

Focado na arte e na criatividade na era digital, o La Gaîté Lyrique é um museu tanto para adultos como para crianças. Localizado numa antiga sala de espectáculos do século XIX, a arquitectura barroca clássica contrasta na perfeição com as exposições hipermodernas.

Os eventos proporcionados vão desde concertos interactivos e workshops a espectáculos de dança e sessões imaginativas para desenhar e contar histórias. Há também uma variedade de actividades para crianças, por isso não te acanhes de trazer contigo os pequeninos.

A biblioteca futurista, gratuita, no primeiro andar está aberta ao público e merece uma vista de olhos – para além de uma colecção abrangente de livros e publicações culturais, há também meia dúzia de consolas para os fanáticos de videojogos.

Onde: 3 bis Rue Papin, 3rd arr.
Tel: +33 1 53 01 52 00
Estação mais próxima: Réaumur Sébastopol

Ler mais: Como chegar dos aeroportos de Paris ao centro da cidade

La Pagode

2-La-Pagode-cinemas-em-paris-o-que-fazer-em-paris

La Pagode – talvez o cinema mais bonito de Paris

Paris adora o cinema! Dito isto, só há um cinema no 1º arrondissement, mas com esta exclusividade vem o cinema mais bonito de toda a cidade.

O La Pagode é um pagode japonês autêntico, com seda pendurada nas paredes da sala maior, candelabros segurados por dragões e elefantes dourados, e, no tecto pintado, guerreiros prontos para o combate.

Há também um maravilhoso jardim oriental, a que foi dado um estatuto cultural protegido graças à sua beleza, onde podes ir tomar um chá de ginseng e umas tartes deliciosas antes do filme começar.

Encontra o calendário no website do cinema ou compra o Pariscope semanal.

Onde: 57 bis Rue de Babylone, 7th arr.
Tel: +33 1 45 55 48 48
Estação mais próxima: Saint-François-Xavier

Le Marché de Belleville

Faz negócio no Le Marche de Belleville em Paris

Faz negócio no Le Marché de Belleville em Paris

Os aromas dão-te as boas-vindas quando chegas: as especiarias, o peixe, o azeite e as bizarras raízes comestíveis, e as bancadas que vendem batata doce e frango assado.

O mercado em Belleville é um dos mais concorridos e etnicamente diversos de Paris, e pode levar-te numa volta ao mundo no espaço de uma manhã, com chineses, judeus ortodoxos, árabes e africanos a fazerem aqui as suas compras semanais.

Os clientes no Belleville não são ricos, aliás, é o bairro mais pobre da cidade e, consequentemente, os preços são baixos. Se conseguires navegar as multidões, consegues arranjar bons negócios em Belleville.

Onde: Boulevard de Belleville, 11th arr.
Tel: n/a
Estação mais próxima: Belleville

Le Ballon de Paris

4-Le-Ballon-de-Paris-visitar-Paris-o-que-fazer-em-paris

Aproveita a vista fantástica a partir do Le Ballon de Paris

Para as crianças e quem gosta de alturas, o Le Ballon de Paris é uma óptima alternativa à Torre Eiffel. Porquê esperar numa fila claustrofóbica a levar encontrões e cotoveladas quando podes estar a flutuar no ar, olhando sobre a cidade inteira?

O balão tem a altura de um prédio de 12 andares, e é uma sensação estranha e extraordinária quando o balonista larga o cabo e se começa a subir. De repente estás lá em cima, a uma altura de 150 metros, embalado pelo vento.

O balão está permanentemente ancorado no Parc André Citroën, que vale em si uma visita. Desde os primeiros dias solarengos da primavera, o parque está cheio de parisienses a fazer piqueniques, a ler ou a apanhar sol na relva. Uma atracção especial é a fonte com os seus muitos jactos de água onde as crianças adoram brincar.

Onde: Parc André Citroën, 15th arr.
Tel: +33 1 44 26 20 00
Estação mais próxima: Javel

Le Carreau du Temple

5-Le-Carreau-du-Temple-visitar-paris-o-que-fazer-em-Paris

Visita o centro cultural Le Carreau du Temple

Como o nome sugere, este local tem sido central na história da França desde o tempo das Cruzadas e dos Templários.

Hoje em dia, este grande espaço de mercado é um centro cultural aberto ao público. Embora feche durante um mês no verão, o Le Carreau du Temple compensa bem o resto do ano. Um programa contemporâneo de teatro, concertos, exposições, feiras e festivais – com temas tão diversos quanto sapatos, comida de rua, dança, identidade cultural, desporto e música jazz – faz deste um espaço dinâmico e estimulante.

O seu ambiente orientado para a comunidade faz contraste com as pequeninas lojas e galerias de arte da zona vizinha de Marais.

Onde: 4 Rue Eugène Spuller, 3rd arr.
Tel: +33 1 83 81 93 30
Estação mais próxima: Temple

Musée Rodin

6-Musee-Rodin-museu-de-rodin-paris-jardins-de-paris-o-que-fazer-em-Paris

O Pensador em frente ao Museu Rodin em Paris

O Musée Rodin é sem dúvida o museu mais encantador em Paris dedicado a um só artista. Está cheio a abarrotar das obras tocantes e sensuais do escultor; como O Pensador, O Beijo, A Porta do Inferno e Os Burgueses de Calais.

Auguste Rodin começou a desenhar quando tinha 10 anos, e o seu talento era tão óbvio que foi admitido a uma escola de arte na tenra idade de 14 anos. Ficou simultaneamente célebre e infame relativamente cedo na sua carreira, e foi muitas vezes considerado demasiado avançado para o seu tempo.

Tenta ir num dia de sol, já que os jardins são uma parte importante da experiência. No exterior do museu encontras uma série de obras-primas de Rodin entre os relvados largos, as avenidas sombrosas e as 2.000 roseiras.

Onde: 79 Rue de Varenne, 7th arr.
Tel: +33 1 44 18 61 10
Estação mais próxima: Varenne

Palais de Tokyo

7-Palais-de-tokoyo-exposições-paris-visitar-Paris

O mural Jean-Michel Basquiat no Palais de Tokyo em Paris

O Palais de Tokyo é um dos maiores espaços para arte contemporânea e moderna na Europa.

Não é um museu no sentido tradicional do termo – o Palais de Tokyo refere-se a si mesmo como um anti-museu. As exposições colocam a pergunta “O que é a arte?”, e desafiam-te a participar no debate. É uma experiência cara-a-cara com algumas das obras mais brilhantes do nosso tempo. As crianças também vão gostar.

O restaurante adjacente, o Tokyo Eat, vai tentar-te com a sua cozinha e decoração criativas.

Onde: 13 Avenue du Président Wilson, 16th arr.
Tel: +33 1 81 97 35 88
Estação mais próxima: Alma Marceau

Passage Brady

8-passage-brady-passagem-coberta-paris-o-que-fazer-em-Paris

Dá sabor à vida na Passage Brady em Paris

Num bairro tão multi-cultural e moderno como as Grands Boulevards, com um passeio através da pequena Passage Brady vais encontrar-te no meio das vibrantes comunidades Paquistanesas e Indianas de Paris.

A passagem data de 1854 e não é tão bonita como outras passagens de Paris, principalmente devido a má manutenção e buracos no tecto de vidro que deixam entrar chuva. O ambiente é, contudo, 100% autêntico, e podes comprar saris coloridos, experimentar o melhor vindaloo de galinha da cidade, ou visitar um barbeiro tradicional de Nova Deli.

A Passage de Pondichéry no nº 84 é também um bom sítio para comer, mas lembra-te de escolher o lado certo quando estiveres à procura da Passage Brady: a passagem é atravessada pela Boulevard de Strasbourg e a parte que não é coberta tem demasiadas lojas de mascaradas que não são tão interessantes.

Onde: 33 Boulevard de Strasbourg, 10th arr.
Tel: n/a
Estação mais próxima: Strasbourg – Saint-Denis

Ler mais: O que fazer de borla em Paris!

Fondation Cartier pour l’art contemporain

9-fondation-cartier-arte-em-paris-visitar-paris

Vê um espectáculo memorável no centro de arte contemporânea Fondation Cartier pour l’art contemporain

Com um jeito especial para escolher cenas da arte contemporânea de diferentes regiões de todo o mundo, a Fondation Cartier concebe, com perícia, eventos especiais à medida para complementar os temas das exposições. Desde concertos a transmissões de rádio a leituras de poesia e espectáculos de dança, há qualquer coisa para todos os gostos.

Localizado numa estrutura impressionante tipo cubo, toda em vidro, o museu está também rodeado de um jardim encantador, acessível ao público de Julho a Setembro.

Não tens a certeza se os teus filhos vão apreciar arte contemporânea? A Fondation Cartier oferece visitas e workshops especificamente concebidas para traduzir o espaço e as suas exposições para os mais novos.

Onde: 261 Boulevard Raspail, 14th arr.
Tel: +33 1 42 18 56 50
Estação mais próxima: Raspail, Denfert-Rochereau

Restaurantes no mercado de pulgas

10-chez-louisette-visitar-Paris

Chez Louisette ao pé do mercado em Saint-Ouen

Estás farto de andar a ver antiguidades? Faz uma pausa para almoçar e recarregar as baterias. Há imensos restaurantes excelentes escondidos nos arredores de Paris em Saint-Ouen, que tem também um óptimo mercado de pulgas de Sábado a Domingo.

No Le Biron na 85 Rue des Rosiers em Saint Ouen podes ter a sorte de encontrares o famoso Lenny Kravitz ou a actriz francesa Mireille Darc a comer uma terrina de alcachofras ou vitela conservada.

E no nº136 Avenue Michelet, vais encontrar o restaurante mais kitsch do mercado – o Chez Louisette tem candeeiros coloridos e Yé-Yé francês (um género de música pop ‘twee’) a sair das colunas. Aqui a comida serve quase de acessório, enquanto o Le Paul Bert é o destino certo se quiseres encontrar-te com negociantes de antiguidades.

Onde: Marché aux Puces de Paris, 93400 Saint-Ouen
Tel: +33 (0)1 40 11 77 36
Estação mais próxima: Porte de Clignancourt

Sainte-Chapelle

11-Sainte-Chapelle-paris-things-to-see-in-paris

O mosaico de vidro único da Sainte-Chapelle mostra mais de mil cenas da bíblia.

Não é particularmente bem conhecida, e há muitos parisienses que nunca lá foram, mas a Sainte-Chapelle é sem dúvida a igreja mais bonita de Paris.

Vais encontrá-la escondida no meio da praça do Palais de Justice, onde estão sediados actualmente os tribunais e registos. Consequentemente, terás de passar por controlos de segurança e ter a mala revistada antes de entrares na capela.

A Sainte-Chapelle era originalmente uma igreja privada para os reis franceses, e apesar de ser menos espectacular que a Notre Dame, o ambiente é mágico. A capela superior, dominada por mosaicos de vidro gigantes, é particularmente hipnotizante. A luz brilha sobre o vidro, iluminando mais de mil cenas da bíblia em cores ricas vibrantes.

Onde: 6 Bd. du Palais, 1st arr.
Tel: n/a
Estação mais próxima: Cité

Musée Eugène Delacroix

12-Musee-Eugene-Delacroix-museus-em-paris-jardins-de-paris-visitar-Paris

Visita o Museu Eugene Delacroix numa tarde de sol e relaxa no simpático jardim

O Musée Eugène Delacroix é um pequeno museu no apartamento onde o pintor viveu e trabalhou até à sua morte em 1863. O museu é situado na Place Furstenberg, que é uma das praças mais românticas de Paris com as suas árvores Paulownias e edifícios bonitos.

Embora muitas das suas obras mais conhecidas estejam actualmente expostas no Louvre, aqui tens a experiência especial e íntima de passear pelos quartos vermelhos do artista e estudar os sensuais desenhos e quadros expostos.

O museu tem também um pequeno jardim – que foi recriado para se assemelhar à forma como se pareceria na altura em que o artista lá vivia – onde encontrarás o atelier de Delacroix.

Onde: 6 Rue de Furstenberg, 6th arr.
Tel: +33 1 44 41 86 50
Estação mais próxima: St. Germain des Près

Encontra voos baratos para Paris

Relacionado
Os 10 lugares para visitar em 2019
— 10 mins de leitura

Os 10 lugares para visitar em 2019

O dia-a-dia dos locais: Paris
— 8 mins de leitura

O dia-a-dia dos locais: Paris