Atualização devido ao coronavírus: como serei afetado pelas restrições às viagens para os EUA?

Atualização devido ao coronavírus: como serei afetado pelas restrições às viagens para os EUA?

 

Tal como anunciado, foram proibidas as viagens com destino aos EUA para a maioria dos cidadãos estrangeiros que tenham estado no Reino Unido, Irlanda, Espaço Schengen, China (exceto Hong Kong e Macau) ou no Irão num período de 14 dias antes da chegada prevista aos Estados Unidos.

 

Nota: à medida que as circunstâncias se alterarem, o mesmo acontecerá com os conselhos e restrições aos viajantes. Vamos fazer o nosso melhor para atualizar as nossas páginas o mais rapidamente possível. Podes encontrar sempre as informações mais atualizadas sobre o possível impacto do vírus nas viagens que planeaste nos sites do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC), do Departamento de Estado dos EUA, do Governo e da Organização Mundial de Saúde.

 

O Espaço Schengen inclui:

  • Áustria
  • Bélgica
  • República Checa
  • Dinamarca
  • Estónia
  • Finlândia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letónia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Países Baixos
  • Noruega
  • Polónia
  • Portugal
  • Eslováquia
  • Eslovénia
  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça

 

Estas restrições não se aplicam a cidadãos dos EUA, a indivíduos com residência permanente autorizada e seus familiares imediatos. Também não afetam o envio de mercadorias para a Europa ou Ásia a partir dos EUA.

 

Impacto para os cidadãos americanos e residentes permanentes nos EUA

 

Foi publicada uma Notificação de Restrições de Entrada, que obriga os cidadãos americanos e residentes permanentes nos EUA que regressem da Europa a fazê-lo através de um dos seguintes aeroportos:

  • Boston-Logan International Airport (BOS), Massachusetts
  • Chicago O’Hare International Airport (ORD), Illinois
  • Dallas/Fort Worth International Airport (DFW), Texas
  • Detroit Metropolitan Airport (DTW), Michigan
  • Daniel K. Inouye International Airport (HNL), Havai
  • Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport (ATL), Geórgia
  • John F. Kennedy International Airport (JFK), Nova Iorque
  • Los Angeles International Airport, (LAX), Califórnia
  • Miami International Airport (MIA), Flórida
  • Newark Liberty International Airport (EWR), New Jersey
  • San Francisco International Airport (SFO), Califórnia
  • Seattle-Tacoma International Airport (SEA), Washington
  • Washington-Dulles International Airport (IAD), Virgínia

 

Novos alertas no site da momondo

 

Vamos publicar novos alertas no site da momondo para te ajudar a tomar as decisões mais indicadas no que toca às viagens que vais fazer a partir da Europa, ou a planos de viagem futuros. Os alertas abrangem:

 

Voos de territórios fora do Espaço Schengen para os EUA: 

  • Os cidadãos americanos e residentes permanentes nos EUA que tenham estado no Espaço Schengen, Reino Unido, Irlanda, China (exceto Hong Kong e Macau) ou no Irão num período de 14 dias anterior à chegada só podem entrar nos EUA através dos aeroportos acima indicados.
  • Os indivíduos sem nacionalidade americana ou residência permanente nos EUA (salvo algumas exceções) que tenham estado nestes países num período de 14 dias anterior à chegada estão impedidos de entrar nos EUA.

    Voos do Espaço Schengen para os EUA:

  • Os cidadãos americanos e residentes permanentes nos EUA que regressem do Espaço Schengen, Reino Unido, Irlanda, China (exceto Hong Kong e Macau) ou do Irão num período de 14 dias após a chegada só podem entrar nos EUA através dos aeroportos indicados acima. Removemos os resultados que incluem voos para outros aeroportos dos EUA até 30 de abril de 2020.

 

 

Para obteres mais informações, aqui tens o essencial acerca do coronavírus (COVID-19) e viagens.