Um dia em Montmartre: o que fazer num dos melhores bairros de Paris

Montmartre é uma pérola mas mal compreendida. Sim, tem magotes de turistas a subir as escadas para ver a Basílica de Sacré Coeur, a mastigar comida “francesa” cliché e à procura da panorâmica parisiense perfeita, mas o que é que há para descobrir nos seus encantadores becos calcetados? Aqui vão as nossas sugestões de como prolongar a tua visita a este vivo distrito sobre a colina.

Queres descobrir mais sítios fantásticos paras visitar em Paris? Descarrega o guia de cidade momondo places GRÁTIS para iPhone!

1. Rue de L’Olive

Uma ruela solarenta no 18º arrondissement.

Uma ruela solarenta no 18º arrondissement.

Escondida entre caminhos-de-ferro e ruas movimentadas no norte de Paris, a Rue de l’Olive é uma pequenina rua de comércio local com um abundante mercado interior. Em tempos o mercado de gado, o pavilhão alberga uma tentadora selecção de frutos e vegetais, queijos e charcutaria.

Se te der a fome de ver tanta coisa boa, dirige-te a um dos vários restaurantes locais e goza especialidades caseiras italianas, tailandesas e caribenhas. Em alternativa, disfruta de um copo de vinho tinto no En Vrac, o bar de vinhos biológicos na esquina, ou faz simplesmente uma pausa para café numas das brasseries. Escolhas o que escolheres, espera-te um terraço solarento com vista para a rua animada.

Onde: Rue de l’Olive, 18º arr.
Tel: n/a
Estação mais próxima: Marx Dormoy

2. Le Bal Café

 Petiscos aliciantes no Le Bal, um óptimo café de Montmartre.

Petiscos aliciantes no Le Bal, um óptimo café de Montmartre.

Tanto café como espaço de arte, a ideia por trás do Le Bal é de incentivar a meditação sobre nada menos que a própria realidade. Através de vários formatos de documentação visual, tais como fotografia e vídeo, o próprio acto de representação é explorado em eventos e exposições frequentes.

A morada foi em tempos um salão de baile que mais tarde virou bordel durantes os icónicos loucos anos 20 – daí o nome. As crianças são também muito bem vindas no Le Bal, e há um parque infantil mesmo ao lado. Com um design de inspiração escandinava e cozinha anglo-francesa, o ambiente é acolhedor, a ementa é aliciante e o café é bom. E não te esqueças de passar também pela livraria.

Onde: 6, Impasse de la Défense, 18º arr.
Tel: +33 1 44 70 75 51
Estação mais próxima: Place de Clichy, La Fourche

3. Parc Clichy-Batignolles – Martin Luther King

Parc-Clichy-Batignolles-o-que-fazer-em-montmartre

Faz uma pausa no Parc Clichy-Batignolles.

Com tantas novas impressões, viajar pode tornar-se bem cansativo… às vezes sabe bem não fazer nada em particular. Uma fuga fácil sem sair do centro de Paris, e uma excelente alternativa ao frequentemente sobrelotado Parc des Buttes Chaumont, é o grande e moderno Parque Martin Luther King.

É um óptimo lugar para um piquenique ou simplesmente fazer uma sesta na relva. Uma rede de trilhos cuidados tece-se à volta de pequenos riachos e lagos repletos de nenúfares, bunho e junco. Há também um parque infantil para miúdos mais pequenos e uma estrutura de madeira para escalar, uma rampa de skate e um campo de futebol para os mais irrequietos.

Onde: 147 rue Cardinet, 17º arr.
Tel: +33 1 44 69 17 17
Estação mais próxima: Brochant

4. Café Lomi

Cafe-Lomi-restaurantes-em-montmartre

À procura da melhor bica em Montmartre? Experimenta o Café Lomi.

Uma paragem conveniente depois de explorada a Basílica de Sacré Coeur, este especialista em café vai encher-te de alegria e alívio com o primeiro gole de café bem preparado. Com a sua própria máquina de torrefacção especializada, aqui as nuances do precioso grão de café são exploradas e explicadas com orgulho.

E com um ambiente distintamente internacional, fala-se inglês dos dois lados do balcão – por isso, se o teu francês estiver um pouco enferrujado, não hesites em pedir conselhos se quiseres levar para casa café ou equipamento.

Há também uma pequena selecção de folhados e pratos sazonais para disfrutar à janela ou lá fora, com vista para o colorido grafitti na parede do outro lado da rua.

Onde: 3, rue Marcadet, 18º arr.
Tel: +33 9 80 39 56 24
Estação mais próxima: Marcadet-Poissonniers

5. Passage Jouffroy

Passage-Jouffroy-noite-em-montmartre

Deixa-te transportar para uma era mais elegante com um passeio pela Passage Jouffroy.

A Passage Jouffroy é uma das mais antigas galerias cobertas de Paris, mas por alguma razão não é muito conhecida. Dá imenso prazer passar por lá num dia de chuva e ouvir a água cair sobre o telhado de vidro enquanto se espreita serenamente as pequeninas lojas.

A Pain d’Epices tem uma imensidão de casas de bonecas, enquanto a M&G Segas só vende bengalas antigas – ou podes ir até ao número 63 para tratares das tuas necessidades de prataria. A galeria continua do outro lado da Rue de la Grange Batelière sob o nome de Passage Verdeau, e é aqui que encontras à venda trabalho de cobre, bordados, livros para crianças antigos e iguarias italianas várias.

Onde: Passage Jouffroy, 9º arr.
Tel: +33 1 48 24 03 83
Estação mais próxima: Grand Boulevard

6. La Recyclerie

La-Recyclerie-bares-em-montmartre

Nenhum guia de Montmartre estaria completo sem menção desta idiossincrática e ecológica paragem!

Consciente do ambiente com orgulho e estilo, a La Recyclerie vale a pena a viagem – mesmo que esteja localizada no limite da fronteira do típico turista. Já que aqui o que conta é a conduta ecologicamente responsável, a reciclagem faz parte de praticamente todas as actividades que aqui encontras – desde feiras de artigos em segunda mão a workshops de bricolage até ao reaproveitamento dos restos da cantina.

Situado na antiga estação de Gare Ornano, até o espaço ao longo dos caminhos de ferro foi convertido num jardim urbano! Não te incomodes com as cabras e galinhas que aqui vivem. Espreita o calendário de eventos para ficares a par das actividades ou aparece simplesmente para almoçar e logo vês.

Onde: 83, Boulevard Ornano, 18º arr.
Tel: +33 1 42 57 58 49
Estação mais próxima: Porte de Clignancourt

7. Musée de la Vie Romantique

Musée de la vie romantique-18º-arrondissement

Mima-te com um bolo neste pequeno e simpático café ao lado do Musée de la Vie Romantique.

Objectivamente, o Musée de la Vie Romantique não está evidentemente ao mesmo nível dos grandes museus de arte parisienses. Não é mais que uma antiga villa Italiana adornada de álceas, escondida ao fundo de uma rua discreta.

Mas o jardim verdejante dá um belo passeio, bem como as pequenas salas de estar onde te podes deixar absorver num livro enquanto sentado num sofá vitoriano. O museu é do tamanho ideal para ser fácil de digerir.

A casa é dedicada à era romântica por volta de 1820-1850, cujo ambiente é recriado através do papel de parede de pele estampado, as cortinas pesadas e a mobília de origem. No jardim, repleto de árvores antigas, podes tomar chá na pequenina estufa. Um verdadeiro encanto.

Onde: 16, Rue Chaptal, 9º arr.
Tel: +33 1 55 31 95 67
Estação mais próxima: Blanche

8. À la Volée

À-la-Volée-Basílica-de-Sacré-Coeur

Não é bem Montmartre, mas os doces do À la Volée valem a pena a viagem até ao 17º arr.

Para muitos dos seus visitantes, Paris é sobretudo uma experiência sensorial, particularmente no que toca ao universo do sabor. Este pequeno e charmoso salão de chá e reino maravilhoso das massas folhadas é o lugar ideal para convidar um amigo bom garfo e guloso.

A decoração e apresentação geral do espaço fazem lembrar uma festa de bisavó – chávenas de chá amorosas, pratos com motivos florais e bules robustos revelam um enorme sentido de atenção ao pormenor. Bolos, bolachas, tartes, brownies, cheesecakes… a lista e as variações parecem intermináveis, tal como a abundância de doçarias expostas.

Notavelmente apaixonada pelo seu conceito e produtos, a extremamente acolhedora e talentosa dona tem reputação para gostar de conversa ao largo do seu bonito balcão vintage.

Onde: 21 rue des Dames, 17º arr.
Tel: +33 1 42 93 76 02
Estação mais próxima: Place de Clichy

 

Apaixonado pela capital francesa? Descobre como chegar dos aeroportos de Paris ao centro da cidade e espreita o que há para fazer de graça em Paris.
Não chega? Então descarrega o nosso guia da cidade de Paris momondo places grátis para mais inspiração e sugestões escolhidas a dedo.
Relacionado
O dia-a-dia dos locais: Paris
— 8 mins de leitura

O dia-a-dia dos locais: Paris