O que visitar em Sevilha: o derradeiro guia da joia da Andaluzia

O que visitar em Sevilha, perguntas tu… Pois bem, antes de te responder a essa pergunta, deixamos-te uma pequena introdução sobre este linda cidade no Sul de Espanha. Sevilha é a cidade capital da Andaluzia onde o esplendor, a história e um amor descontraído à vida, combinam-se para criar uma escapadela de fim de semana ideal ou para umas férias em Espanha. Se estás, és ou queres estar fascinado com o passado mouro do Sul de Espanha, a arte apaixonada e dramática do flamenco, ou queres simplesmente encontrar alguns dos melhores restaurantes em Sevilha para encher a pança, segue o nosso guia de o que visitar em Sevilha para descobrires as melhores atrações da cidade.

Como chegar e partir

O transfer EA sai diretamente do aeroporto de Sevilha para o centro da cidade e é a opção mais barata. Os bilhetes podem ser comprados ao condutor e a viagem demora cerca de 30 minutos. Alternativamente, podes apanhar um táxi, a forma mais rápida de chegar à cidade, saindo do terminal do aeroporto, por um preço fixo de 20-25€.

Marca voos para Sevilha
Reserva hotel em Sevilha

Sevilha à primeira vista

A beleza histórica de Sevilha é evidente à primeira vista. Ainda assim, a cidade tem alguns ares contemporâneos na manga, como a estrutura escultural do Metropol Parasol, concluído em 2011. Espalhada ao longo do Rio Guadalquivir, as suas ruas encantadoras estão ladeadas de laranjeiras e os sevilhanos desfrutam de um ritmo de vida relaxado, sempre dispostos a parar para beber um copo nalguma praça bonita.

Uma cidade plana, Sevilha é melhor aproveitada a pé ou de bicicleta. A cidade que tem feito grandes esforços ao longo da última década para se tornar verde e tem a quinta maior rede de bicicletas de cidade da Europa – a Sevici – com mais de 2500 bicicletas disponíveis à volta da cidade. As visitas podem comprar uma subscrição de uma semana quando estiveram a visitar Sevilha e a fazer férias no Sul de Espanha.

A primavera e o outono são ótimas alturas para visitar a cidade. Durante a primavera, ocorrem as principais celebrações de Sevilha, que são a Semana Santa e a Feira de abril que são também, dois grandes atrativos de o que visitar em Sevilha. Já no outono, devido às temperaturas amenas, a cidade torna-se bastante agradável para passeios. O verão pode ser insuportavelmente quente, com temperaturas regularmente acima dos 40 graus.

O que fazer em Sevilha

A Catedral de Sevilha

 Sevilha tem a maior catedral gótica do mundo, a Catedral de Santa Maria da Sé

A Catedral de Santa Maria da Sé, ou Catedral de Sevilha, é a maior catedral gótica do mundo, que se ergue em toda a sua glória assim que chegas das ruas estreitas em seu redor. Absorve toda a sua dimensão colossal do lado de fora antes de entrares para explorar.

Evita as inevitáveis longas filas, comprando um bilhete combinado na igreja vizinha – El Divino Salvador. Quem é amigo? Quem?

Não deixes de subir ao campanário, La Giralda, um minarete original da mesquita que em tempos deu lugar à catedral de Sevilha. Em vez de degraus, a subida à torre é feita por uma rampa de 35 segmentos que se diz ter sido instalada para permitir ao almuadem subir ao topo do minarete a cavalo.

Aqui também podes ver o túmulo de Cristóvão Colombo. Durante muitos anos, foi discutido se os seus restos mortais estariam mesmo em Sevilha ou se estavam na República Dominicana, mas uma análise de ADN recente, provou que pelo menos parte do explorador se encontra na catedral de Sevilha.

Alcázar – o palácio real de Sevilha

 O Alcázar, o palácio real de Sevilha, é um dos melhores exemplos de arquitetura Mudéjar

O estonteante Alcázar, o palácio real de Sevilha, é um dos melhores exemplos de arquitetura Mudéjar em Espanha e versão sevilhana do Alhambra de Granada. O estilo Mudéjar desabrochou com a saída dos mouros de Espanha e foi altamente influenciado pelo desenho e artesanato mourisco. Os bilhetes custam 9.50€ e podem ser comprados na bilheteira ou online. Este lugar já foi pano de fundo para muitos filmes e séries de televisão – vê se consegues reconhecer quais são. Ah, e chega cedo para evitar as multidões.

Flamenco

 Nenhuma viagem a Sevilha ficaria completa sem ires ver um concerto de flamenco

O flamenco é sinónimo de Sevilha, portanto, estás no sítio certo para descobrir este estilo de música, com a sua forma de cantar, tocar guitarra e dançar, inteiramente espanhola.

O Museu do Flamenco é criação da dançarina sevilhana Cristina Hoyos e traça a história desta dança, olhando para os diferentes tipos de flamenco, os seus trajes e os dançarinos famosos. A entrada é um pouco cara (entre 10€ e 24€), mas vale a pena a visita para veres um espetáculo no seu íntimo pátio central.

Em alternativa, mas ainda dentro de o que visitar em Sevilha, vê um espetáculo de flamenco numa peña flamenca, que é um clube social tradicional de flamenco. O Peña Cultural Flamenca Torres Macarena é um dos mais famosos da cidade e proporciona às suas visitas uma versão autêntica desta dança emblemática.

Plaza de España

A Plaza de España é do tamanho de cincos campos de futebol, um dos marcos mais impressionantes de Sevilha

Construída para a Exposição Ibero-Americana de 1929, a estrutura semicircular da Plaza de España foi desenhada como uma demonstração elaborada da tecnologia e indústria do país. Os bancos à volta da praça representam as 48 províncias de Espanha. Torna a experiência ainda mais especial alugando um barco para passear pelos canais circulares à praça. Este sítio, é um daqueles lugares que quando alguém te perguntar: “O que visitar em Sevilha?”, tu respondes, “A Plaza de España”.

Onde fazer compras em Sevilha

Cerámica Santa Ana

Sevilha é conhecida pela sua cerâmica. Até os sinais das ruas da cidade são feitos em cerâmica. O centro da indústria de cerâmica está no bairro de Triana, que fica do lado oposto do rio à cidade velha. A Cerámica Santa Ana está aberta à mais de 50 anos e vende produtos de cerâmica a preços acessíveis, desde pratos, jarros e copos a azulejos.

Juan Foronda

Já visitaste o museu de flamenco e se calhar viste um espetáculo, e agora estás pronto para uma sessão de compras de souvenirs. A loja Juan Foronda vende vestidos e acessórios, como leques e xailes feitos à mão.

La Seta Coqueta

Esta pequena loja idiossincrática no distrito de Alfalfa vende roupa, acessórios e joalharia de designers espanhóis emergentes. É um ótimo lugar para comprar uma lembrança da cidade a um preço bastante razoável.

Restaurantes em Sevilha – onde comer

Triana

A Ponte Isabel II liga a cidade ao colorido bairro de Triana, onde encontras bons bares de tapas e restaurantes em Sevilha

Atravessa a Ponte Isabel II até Triana, um bairro operário tradicional que é hoje o epicentro da indústria de cerâmica de Sevilha. A zona à volta da Calle Betis está cheia de bares de tapas em conta, onde os locais saem para a rua para gozar as vistas bonitas da Torre del Oro e da Catedral de Sevilha na outra margem.

Mariatrifulca

As vistas mais glamorosas do outro lado do rio de Triana, estão à tua espera no terraço incrível deste restaurante em Sevilha. Mima-te com pratos de peixe locais e mediterrâneos, e tapas com uma cintilante visão panorâmica da cidade.

Bar Alfalfa

Este bar acolhedor sem lugares sentados, especializa-se em diferentes tipos de bruschetta, bem como uma boa gama de tapas espanholas económicas. A ementa, que inclui pratos como beringelas rústicas e queijo scamorza fumado, também é boa para vegetarianos.

Mercado del Arenal

Este mercado de comida, nos tons amarelo e branco típicos de Sevilha, é uma ótima opção para explorar à hora de almoço. A Veganitessen, uma banca vegan moderna, tem um ótimo almoço a preço fixo, enquanto a banca do lado, vende peixe e marisco fresco.

Bar Estrella

Numa ruela estreita do bairro de Santa Cruz encontras o Bar Estrella, um bar de tapas concorrido com uma fila de mesas simpáticas na rua. Aberto desde 1939, este é um favorito entre os locais com preços decentes.

Bares de Sevilha

El Garlochi

Este templo do kitsch é dedicado à Semana Santa, a maior celebração anual e um dos maiores atrativos para o que visitar em Sevilha. Ao entrares, os teus sentidos são tomados por um aroma a incenso e a visão das paredes, cobertas em estátuas e imagens da Virgem Maria, Jesus e várias outras figuras religiosas. É um lugar divertido e com muito sentido de humor. Experimenta o Corpo de Cristo, o cocktail de assinatura do bar, feito com Cava, granadina e whisky.

El Rinconcillo

 O bar mais antigo de Sevilha tem séculos de história e um ambiente do velho mundo

O bar mais antigo de Sevilha abriu as suas portas em 1670 e ainda hoje está cheio de habitantes locais e turistas ansiosos por provar uma verdadeira fatia de história. Pede um copo de xerez, uma cerveja ou um copo de vinho e petisca umas tapas como croquetes de bacalhau, tortilha ou grão-de-bico com espinafres.

Pura Vida

O bar panorâmico do Hotel Fontecruz Sevilla Seises tem vistas mágicas sobre a Catedral de Sevilha e é o lugar perfeito para sentir a elusiva brisa dos dias quente de verão. De dia, há um bar de praia e uma piscina onde visitas não hospedadas no hotel podem relaxar por uma manhã, tarde, ou mesmo o dia todo.

Onde ficar hospedado em Sevilha

The Corner House

Dentro da lista de hotéis em Sevilha, está a pousada encantadora, The Corner House, situada no distrito boémio de Alameda, é um alojamento confortável a preços justos. Há um terraço simpático no telhado onde podes relaxar depois de um dia de turismo, dia no qual desde como visto, muitos pontos da tua lista intitulada “O que visitar em Sevilha”.

Corral del Rey

Corral del Rey é um bonito hotel de charme, convertido a partir de um palácio do século XVII mesmo ao pé da catedral no distrito de Alfalfa. Com tanto o que visitar em Sevilha, nada melhor do que chegar à noite e ter um sítio bom e tranquilo para descansar e carregar as energias.

Marca voos para Sevilha
Reserva mais hotéis em Sevilha

Queres prolongar a tua aventura espanhola? Começa a tua viagem com uma road trip do Algarve até ao Norte de Espanha e segue a tua road trip do Norte de Espanha até Sevilha. Pelo caminho, prova cada cozinha regional de Espanha e seus pratos tradicionais e no fim, pesquisa um destino alternativo para passares o verão 2018 ou outra estação do ano que desejes mais.