Miradouros de Portugal: 7 além dos miradouros de Lisboa

Ao chegar-se a um dos miradouros de Lisboa ou mesmo do país, seja ele qual for, segue-se um período de paixão, de namoro sólido. Minutos depois, surge o momento de introspeção: refletir sobre vida, no que queremos fazer e naquilo que pretendemos evitar a partir dali. Repetimos, inúmeras vezes, que voltaremos ao local do crime – o miradouro – para fazer novas resoluções ou, até, para perceber se aquilo que prevemos meses ou anos antes resultou. Um miradouro é, no fundo, um local de histórias bonitas. É por isso que nos próximos parágrafos listamos vários miradouros – de Norte a Sul, passando pelas ilhas. Tudo para que sejas feliz.

Miradouros de Lisboa – 7 colinas, 5 miradouros

Lisboa, sabe-se, é a cidade das 7 colinas. E, com elas, surgem naturalmente vários miradouros com vista privilegiada. Se visitares a capital do país, a nossa sugestão é que dividas o passeio em dois blocos: primeiro, na zona mais oriental da cidade, dá um salto até ao miradouro da Graça, ao miradouro da Nossa Senhora do Monte e ao miradouro do Castelo de São Jorge. Depois, bem no coração alfacinha, percorres o miradouro de São Pedro de Alcântara e o miradouro de Santa Catarina. Comecemos pela Graça. Já sabes: calçado confortável, máquina fotográfica e Instagram preparado!

Miradouro da Senhora do Monte

Dos miradouros de Lisboa com uma das melhores vistas sobre a cidade

Este é dos miradouros de Lisboa, que se situa num dos pontos mais altos da cidade. Para aqui chegares, deixamos duas sugestões: sobe a colina a pé pelo meio do bairro da Mouraria ou apanha o elétrico 28 – que inicia o seu percurso na Praça do Martim Moniz. Se for esta a tua opção, pede para sair em Sapadores. Aqui, basta procurares as indicações “Miradouro da Senhora do Monte” e chegarás rapidamente ao teu destino.

O local é pacato, tem uma capela – da Nossa Senhora do Monte – mesmo ao lado do miradouro da Senhora do Monte e uns bancos para apreciares a vista, além de uma base de azulejos explicativa dos edifícios que dali avistas. Vais ficar de boca aberta, acredita: há vista rio, praças, telhados, a ponte 25 de abril… enfim, tudo o que precisas que os miradouros de Lisboa te ofereçam. O facto de não haver um quiosque ou um café, faz com que a duração das visitas de quem aqui passa seja mais curta. O que, bem vistas as coisas, não é uma desvantagem. Desfruta da paisagem, ganha novo fôlego e recomeça a caminhada até ao miradouro da Graça. São apenas 5 minutos.

Miradouro da Graça

Da Graça até ao Castelo de S. Jorge à esquerda e a ponte 25 de abril ao fundo

O miradouro da Graça – de nome oficial, miradouro Sophia de Mello Breyner Andresen – é mais movimentado: tem uma enorme esplanada, quiosque, um muro onde te podes sentar e tirar umas belas fotografias para colocares nas redes sociais e fica a caminho do Castelo de São Jorge – que, já agora, integra a vista do miradouro. Se não ouvires falar português não te assustes, é que este é um dos mais procurados miradouros de Lisboa e por isso, repleto de turistas.

Foca-te na vista e desfruta, pois não é todos os dias que estarás perante uma fotografia tão perfeita. Logo ali ao lado, tens a Igreja da Graça, construída ainda no século XVIII, e que também é bastante solicitada por quem visita esta freguesia. Tudo fatores que contribuem para que o miradouro da Graça tenha imensas pessoas por metro quadrado.

E o que se vê daqui? Mais ou menos o mesmo que no miradouro da Senhora do Monte ainda que o Castelo de São Jorge esteja mais próximo. A Praça do Martim Moniz estará mais perto da vista e o Hospital São José, instalado num antigo e enorme edifício do século XVIII, também estará à mão de semear. Há muito para ver, portanto.

Miradouro do Castelo de São Jorge

Lisboa desde o miradouro do Castelo de S. Jorge

O passeio continua para sul até tropeçares no Castelo de São Jorge que, por se situar num dos pontos mais altos da cidade, aloja, também, o seu próprio miradouro, como viste, o miradouro do Castelo de São Jorge. Por estar mais encostado ao rio que o miradouro da Graça e o miradouro da Senhora do Monte, é possível ter uma vista mais imersiva junto do Tejo, além ser possível contemplar todos os telhados da Mouraria até ao Martim Moniz. À frente, a Baixa, como se estivesse ao teu lado e, muito perto, as ruínas do Convento do Carmo. Prepara-te, vai ser um dia em cheio para o teu Instagram!

Miradouro de São Pedro de Alcântara

Miradouro de São Pedro de Alcântara - situado no Bairro Alto, Lisboa

Viajamos agora até ao bairro mais boémio da cidade, o Bairro Alto. Esta zona é conhecida por ser um dos ícones da noite em Lisboa mas, ainda com o sol a brilhar, há muita coisa para fazer por estas bandas. Uma delas passa por visitares mais dois miradouros de Lisboa: o miradouro de Santa Catarina e o miradouro de São Pedro de Alcântara.

O miradouro de São Pedro de Alcântara é uma espécie de terraço ajardinado com um quiosque para matar a fome e a sede, sendo igualmente perfeito para casais mais românticos. A vista cobre grande parte da zona antiga de Lisboa, consegues avistar o miradouro da Graça, o miradouro da Senhora do Monte, o miradouro do Castelo de São Jorge, o Tejo e, mesmo ao lado, encontrarás o Elevador da Glória que te leva até à Avenida da Liberdade. Mas calma, ainda não é tempo de descer a colina.

Miradouro de Santa Catarina

Seguimos em direção ao miradouro de Santa Catarina. Entre os alfacinhas, esta zona é conhecida como o Adamastor – figura criada por Camões n´Os Lusíadas e que está esculpida em pedra a observar os navios a passarem. Este, que por agora é o último dos miradouros de Lisboa, é virado a sul, pelo que terás o rio Tejo mesmo à tua frente. Depois, Lisboa para a direita, Lisboa para a esquerda e os cacilheiros a fazerem a travessia Cais do Sodré-Almada e Terreiro do Paço-Barreiro. À tua beira encontrarás um bar para retemperar forças. Mas nada de afrouxar o ritmo: estás no Bairro Alto, não podes sair daqui sem beber um copo e jantar numa tasca.

Marca voo para Lisboa
Reserva hotel em Lisboa

Miradouros do Porto e Gaia

O Douro estreito entre a cidade do Porto e Vila Nova de Gaia permite que qualquer local elevado proporcione uma vista (quase) completa sobre as duas cidades. Uma espécie de dois em um que, temos a certeza, vais aproveitar da melhor forma.

Sé Catedral – Sé do Porto

A vista desde a Sé Catedral

Comecemos pela Sé do Porto, a Sé Catedral, onde a vista é desafogada e, por isso, conseguirás observar a zona do Barredo. Ah, já agora, uma breve contextualização histórica sobre o local que estás agora: o Terreiro da Sé é enquadrado pelos edifícios da Catedral, Casa do Cabido, Paço Episcopal e Casa da Câmara, tendo sofrido obras de requalificação em 1940.

Ainda com edifícios eclesiásticos no ponto de mira, é muito importante que espreites a Igreja/Colégio de São Lourenço, também conhecida como a Igreja dos Grilos. A vista, daqui, abrange, sobretudo, a Baixa do Porto. Se és um connosseur dos estilos barroco e neoclássico, aproveita e espreita o interior da igreja.

Cansado? Acreditamos que sim. O Porto não tem 7 colinas, mas também tem muito que subir e descer, e os seus miradouros são diferentes dos miradouros de Lisboa. Sugerimos que entres num restaurante típico, peças uma francesinha acompanhada de um copo de vinho tinto do Douro e dá corda aos sapatos novamente. Há mais miradouros do Porto para apreciar.

Torre dos Clérigos

Uma vista de 360º da cidade do Porto a partir da Torre dos Clérigos

Torre dos Clérigos. Pensavas que não contava como um dos miradouros do Porto? Equivocaste-te redondamente. É aqui que vais conseguir ter uma visão de 360º sobre a cidade. Esta será a melhor forma de perder as calorias que ganhaste com a francesinha. Porquê, perguntas tu? Nós explicamos: para chegares ao topo da Torre dos Clérigos, que tem 76 metros de altura, vais ter de subir 240 degraus. Enche os pulmões. Boa sorte!

Miradouro da Serra do Pilar

Do miradouro da Serra do Pilar em Gaia, vê-se o Porto, a Torre dos Clérigos e a ponte D. Luís

Vamos até Gaia. Atravessa a ponte D. Luís – a pé, claro! – e sobe uma rua bastante estreita e inclinada que te vai surgir à esquerda logo após o tabuleiro. Continua a subir. Agora sim, provavelmente chegaste. Olha em frente. O que vês? Sim, acertaste. Tens toda a cidade do Porto para apreciar. Estás no miradouro da Serra do Pilar. Retira o telemóvel do bolso, inicia a tua sessão fotográfica.

Miradouro das Virtudes

De volta ao Porto, vamos agora até ao miradouro das Virtudes onde irás encontrar um pequeno jardim para descontraíres um pouco. Tem vista Douro (como sempre e ainda bem!) e a imensa malha urbana que segue em direção ao rio – o laranja dos telhados, além do azul do Douro, vai dominar a paisagem. Se a noite já estiver instalada, aproveita para jantar nas redondezas. Por esta altura, a francesinha já lá vai…

Marca voo para o Porto
Reserva hotéis no Porto

Miradouros nos arquipélagos

Vista do Rei

A Vista do Rei sobre a Lagoa das Sete Cidades

Em São Miguel, nos Açores, situa-se um dos principais cartões postais do país: a Lagoa das Sete Cidades. Antes de lá chegares, há um miradouro onde poderás aproveitar toda a beleza da paisagem a partir de uma perspetiva privilegiada. Vista do Rei é o nome do miradouro. E se a meteorologia for tua amiga, este local poderá entrar diretamente para um dos mais belos que encontraste até hoje. O seu nome – Vista do Rei – deve-se a uma visita que o rei D. Carlos e a rainha D. Amélia fizeram à ilha e por se terem maravilhado com o que se lhes deparou naquele miradouro. Com a família real foi assim. Contigo, acredita, não será diferente. Se a tua próxima viagem é para a Madeira e não para os Açores, não te preocupes: o Funchal é igualmente dotado de paisagens lindíssimas que se podem desfrutar a vários metros de altitude.

Marca voo para a Ponta Delgada
Reserva hotéis em São Miguel

Miradouro do Lombo da Quinta

O miradouro do Lombo da Quinta, em São Gonçalo, é um desses exemplos. Daqui, terás uma vista desafogada para o imenso oceano Atlântico, baía do Funchal – com destaque para o vaivém de cruzeiros – e ainda conseguirás observar toda a malha urbana que constitui a capital deste arquipélago. Se o dia estiver limpo, tens direito a um bónus: as ilhas Desertas.

Marca voo para o Funchal
Reserva hotéis no Funchal

Viana do Castelo a 360º

Uma das vistas possíveis desde este miradouro que possibilita uma vista 360º da cidade de Viana

O miradouro de Santa Luzia, em Viana do Castelo é, provavelmente, um dos mais completos do país. A vista de 360º permite que observes o oceano Atlântico, a foz do rio Lima, toda a cidade de Viana do Castelo e os seus telhados. Para que não te percas, a autarquia disponibiliza um mapa que identifica todos os pontos que dali se consegue visualizar. Em 2014, a Condé Nast Traveler espanhola considerou o miradouro de Santa Luzia o segundo melhor do país, apenas atrás do de São Pedro de Alcântara, que é um dos miradouros de Lisboa. Ainda no campo das referências internacionais, mas recuando bastante no tempo – 1927 – a National Geographic escreveu as seguintes palavras: “Santa Luzia oferece aos seus visitantes uma das melhores panorâmicas do mundo”. Convencido?

Reserva hotéis em Viana do Castelo

Vista mágica em Aveiro

Não estamos a exagerar. Não estamos a elevar as expetativas em demasia. Quando visitares o miradouro na Serra da Freita vais lembrar-te imediatamente deste texto e exclamar: “eles tinham razão no que diziam!”. A vista, como se quer, é de 360º. E o que vais ver: o Geopark de Arouca, a vila com o mesmo nome implantada no rio Arda, a serra da Freita e o oceano Atlântico. Em dias de céu limpo, é possível distinguir os mais variados relevos das serranias da região: Valongo, Minho, Gerês, Marão e Larouco. Desfruta de toda a natureza à tua volta e aproveita para exercitares as pernas com uma valente caminhada.

Reserva hotéis em Aveiro
Demos-te a conhecer miradouros em todo o país. Desde os miradouros de Lisboa até aos miradouros nas ilhas e todos têm a sua vista singular sobre a cidade ao qual espreitam. Disfruta-os!

Refletes sobre a vida quando visitas um miradouro? Acontece o mesmo quando visitas uma das termas de Portugal? Se sim, então planeia bem os teus dias de férias e visita um desses miradouros ou uma dessas termas. Nós ajudamos-te com o calendário de feriados de 2018 e ainda mostramos-te as tendências crescentes de viagem em 2018.
Relacionado
Festivais de Verão: os 5 maiores de Portugal
— 7 mins de leitura

Festivais de Verão: os 5 maiores de Portugal

Os 10 melhores rooftop bares em Lisboa e no Porto
— 8 mins de leitura

Os 10 melhores rooftop bares em Lisboa e no Porto