11 bebidas de inverno que tens de experimentar estas festas!

Ficar alegre com uma bebida de inverno quentinha torna mais divertida esta altura do ano em que o tempo está frio e o céu pintado de escuridão.

Para os adultos entrarem no espírito das festas, aqui vai a lista das 11 bebidas de inverno e cocktails de natal desta estação, e onde podes experimentar a melhor versão de cada!

1. Ponche de Rum Natalício

Ponche de rum natalício - só acontece uma vez por ano, mas vale sempre a pena.

Ponche de rum natalício – só acontece uma vez por ano, mas vale sempre a pena.

Embora os ingredientes para esta mistura inebriante variem de receita para receita, as indicações básicas são juntar um bocadinho de natal, um bocadinho de rum, e dar um murro na garganta. Pelo menos é assim que te vais sentir depois. Para uma receita deliciosa e própria de ponche de rum natalício, vai até ao site da Martha Stewart.

Onde experimentar:

Há variações desta bebida de natal praticamente por todo o lado nesta altura do ano – talvez até na tua festa de natal do escritório. Se quiseres experimentar a receita verdadeira, dá um salto até à Jamaica, onde o tempo combina perfeitamente com o calor que emana desta bebida fogosa.

2. Whisky Mac

Agora que juntaste um toque de whisky, está na hora de tornar esta bebida mais natalícia!

Agora que juntaste um toque de whisky, está na hora de tornar esta bebida mais natalícia!

Bem melhor que o teu computador Apple abstémio, o Whisky Mac tem feito subir temperaturas desde que foi inventado por um oficial comandante do Raj Britânico. Partes iguais de uísque de malte e vinho verde de gengibre criam uma receita de aquecer o corpo inteiro, e há quem junte um toque de água quente para ter a certeza.

Onde experimentar:

Qualquer pub com uma lareira é ideal para tomar um whisky mac. Se queres a autenticidade escocesa, o The Blue Blazer em Edinburgo é um óptima opção.

3. Bombardino

Bombardino-bebidas-de-inverno

Mima-te com um bom Bombardino a seguir a um dia de ski.

O Bombardino é um favorito do aprés-ski italiano, com partes iguais de brandy e eggnog ou Advocaat. O nome descreve a bebida: uma bomba.

Onde experimentar:

Nas pistas de ski das Dolomitas, claro. É a bebida de eleição em lugares como Cortina onde a vida boa e o social conseguem ter prioridade sobre as gloriosas pistas de ski que te rodeiam.

4. Eggnog

Um cocktail de natal de fazer inveja às renas.

Um cocktail de natal de fazer inveja às renas.

O eggnog é a derradeira receita de natal: é tão doce que enjoa, tem imensas calorias e, depois de esvaziares o copo, não lhe vais querer por a vista em cima durante pelo menos um ano.

Onde experimentar:

Apesar de ter originado na zona de East Anglia no Reino Unido nos finais do século XVIII, esta bebida peganhenta é sinónimo da época de festas nos Estados Unidos. Podes experimentá-la em qualquer um dos 50 estados por esta altura do ano, mas nós gostamos da ideia de participar na própria preparação no State and Lake Tavern na baixa de Chicago.

5. Limonada Amanteigada Quente

Vale a pena experimentar esta bebida quente não-alcoólica este inverno.

Vale a pena experimentar esta bebida quente não-alcoólica este inverno.

A primeira bebida não-alcoólica da nossa lista (e a última!) transforma a paixão universal por limonada e manteiga numa bebida surpreendentemente saborosa. É praticamente tomar uma tarte de limão em forma líquida, e isso só pode ser uma coisa boa.

Onde experimentar:

Esta é mais difícil de encontrar na carta. Nós recomendamos que peças simplesmente ao pessoal do restaurante ou café em que te encontres que a prepare no momento. Aqui está a receita para lhes poderes dar indicações.

6. Sidecar com Brandy de Pêra

Esta doce bebida de inverno é tão elegante quanto parece.

Esta doce bebida de inverno é tão elegante quanto parece.

Os Sidecars levam sempre sumo de limão e brandy, mas a variedade de brandy de pêra tem o elemento viscoso da pêra que faz toda a diferença. Mas ficas avisado, podes não estar preparado para este xarope delicioso. Enquanto há por aí várias variações, nós gostamos das proporções desta versão “perfeita”.

Onde experimentar:

Qualquer bar de cocktails que se preze sabe fazer um sidecar mas, visto que esta receita remonta ao pós-2ª Guerra em Paris, a capital francesa será o sítio mais chique onde o experimentar.

7. Hot Toddy

Inverno num copo quente, um hot toddy é uma óptima bebida para combater a nuvem negra pós-festas.

Inverno num copo quente, um hot toddy é uma óptima bebida para combater a nuvem negra pós-festas.

O Hot Toddy é a cura para todos os males – é popularmente recomendado tomar um antes de ir dormir a quem esteja a sofrer de uma constipação ou gripe. Mas esta estrela de múltiplos talentos, com os seus dons de limão e cravo, é uma bebida excelente a qualquer hora do dia.

Onde experimentar:

O Hot Toddy é considerado uma bebida de base e já inspirou algumas variações, tal como o Esky’s Hot Spot que usa uísque irlandês em vez de scotch, e noz moscada em vez de cravo.

O nosso preferido é o Maple Syrup Toddy que, como o nome indica, tem raízes canadianas. Encontras todo o tipo de receitas com xarope de ácer nas cidades do Canadá mas experimenta ir até ao Quebéc . Também encontras este toddy a sul da fronteira, em Washington DC por exemplo, no Poste Brasserie.

8. Chocolate Quente com Schnapps de Menta

Um chocolate quente aperaltado.

Um chocolate quente aperaltado.

Se gostas de gelado de chocolate com menta no Verão, então é inevitável que vás querer provar um chocolate quente com schnapps de menta, também conhecido como um Peppermint Patty.

Onde experimentar:

O melhor sítio para experimentar este chocolate quente caprichado seria na própria terra mãe (enfim, discutível) do schnapps – a Alemanha. Faz o teu pedido num pub tradicional em Munique e prepara-te para um abraço quentinho com frescura de menta!

9. Cocktail de Candy Cane

Não há cocktail de natal mais doce que este!

Não há cocktail de natal mais doce que este!

O cocktail de Natal mais flagrante das nossa lista não tem nenhum ingrediente oficial para além da “candy cane” (bengala de rebuçado de açucar), daí o nome. Posto isto, se gostas do teu cocktail mais doce que um coelhinho a brincar com um cachorro, qualquer que seja a receita, com rum de baunilha ou vodka com morango (mas nunca os dois!) é certo que vais gostar.

Escolhe os teus ingredientes e espreita as receitas da Martha Stewart, da Betty Crocker, do Pop Sugar e do Food Network.

Onde experimentar:

As origens deste deleite pegajoso são um mistério até para os mais conhecedores, mas há fortes indicações que Albany, no estado de Georgia, é a terra mãe deste doce sacarino. Achamos também que não existe melhor estado americano para experimentar este cocktail – só não digas ao teu dentista.

10. Tom e Jerry

Vale a pena apanhar esta bebida quente de gato e rato este inverno.

Vale a pena apanhar esta bebida quente de gato e rato este inverno.

Rum encorpado, brandy, leite quente e um ovo cru – pela lista de ingredientes, consegues provavelmente perceber como a bebida evoca a patetice do desenho animado clássico de onde deriva o nome… ou talvez não.

Seja como for que tenha ganho o nome, esta bebida não vai desaparecer tão cedo, e é uma óptima opção para quem quer dar toque especial ao clássico eggnog.

Onde experimentar:

O Pegu Club na área de SoHo em Manhattan é um dos melhores sítios na costa leste dos Estados Unidos para provar esta bebida rica. Alternativamente, a bebida é muito amada no Mid-West e fácil de encontrar em estados como o Wisconsin.

11. Vinho quente

Este natal faz como os Escandinavos e experimenta um glogg forte!

Este natal faz como os Escandinavos e experimenta um glogg forte!

Uma das mais populares bebidas de inverno é sem dúvida o vinho quente. A ideia geral é aquecer vinho e juntar fruta e especiarias, mas por cada país encontras uma versão diferente. Por exemplo, a República Checa tem Svařené víno, a Moldova tem Izvar com pimenta, e a Turquia tem o Sicak Sarap ultra-doce. A Polónia gosta tanto de vinho quente que até serve cerveja quente, conhecida como Grzane Piwo.

Há um tipo de vinho quente que é verdadeiramente sinónimo de inverno: gluhwein. A popularidade dos mercados de natal alemães deve-se quase inteiramente a este líquido maravilhoso. É como vinho quente, mas alemão, portanto mais eficiente e com mais controlo sobre a União Europeia que um copo normal de tinto aquecido.

Onde experimentar:

O Christkindlmarkt em Nuremberga é o weihnachtsmarkt mais famoso do mundo, por isso podes ter a certeza que vem acompanhado de um gluhwein fantástico. Mas cada mercado de Natal terá as suas variações, até o Winter Wonderland no Hyde Park de Londres.

Mas o nosso tipo de vinho quente preferido é a versão escandinava, que podes experimentar em lugares como Copenhaga , Gotemburgo, Bergen, e muitos mais. Chamado Glögg na Suécia, Gløgg na Dinamarca e na Noruega, e simplesmente Glogg por nós, deve ser o vinho quente mais forte que por aí anda, já que inclui vodka, ou brandy, ou rum, ou bourbon, ou todas as bebidas que há em casa de uma vez.

Dica experiente: não uses glogg para matar a sede – vais acabar com o cérebro feito em papa.

 

À procura de mais inspiração de inverno? Visita o blog da momondo para descobrir os nossos 7 mercados de natal preferidos na Europa, ou faz uma reserva num destes 5 incríveis hotéis de gelo.