Os melhores destinos para quem viaja a solo

Se viajar sozinho é a tua praia, então estes 12 cantos do mundo seguros, remotos e aventureiros são a não perder

Voa a solo no baloiço vertiginoso em Baños, no Equador – sobrevoando o vulcão Tungurahua
Voa a solo no baloiço vertiginoso em Baños, no Equador – sobrevoando o vulcão Tungurahua

Há muito poucas coisas mais emocionantes que viajar sozinho. Conhecer novos amigos, descobrir este grande mundo, talvez até aprender uma coisa ou outra sobre ti mesmo – para onde quer que tu e a tua mochila viajem, a experiência vale bem a pena.

Aqui vai a nossa lista dos lugares mais interessantes e seguros para visitar neste preciso momento viajando a solo.

Split, Croácia

 Apanha a bola! Junta-te a um jogo de picigin – um jogo nascido na Praia Bačvice em Split

Apanha a bola! Junta-te a um jogo de picigin – um jogo nascido na Praia Bačvice em Split

Passear por Split é como entrar na era Romana. As ruínas do Palácio de Diocleciano , construído no século IV AD, compõem agora a Cidade Velha de Split com edifícios históricos e ruas estreitas dentro das muralhas da fortaleza. Passa pelo portão de Bronze, um dos quatro portões de entrada, agora apenas colunas e arcos parciais, para chegares ao passeio junto à margem conhecido como Riva.

Espreita o mercado verde e o mercado de peixe, um em cada ponta, onde encontras produtos frescos, mas para provares os melhores pratos de marisco, não percas a experiência de almoçar numa taberna de vinho típica como a Konoba Matejuska.

Split tem muitos hostels ideais para quem está a viajar sozinho e quer socializar – o que não falta são saídas organizadas para bares e discotecas. Trata a tua ressaca com um jogo amigável de picigin (um jogo inventado em Split que consiste em atirar e apanhar uma bola em maré baixa) na Praia Bačvice, ou continua em modo de festa com um passeio de barco ao longo da costa da Dalmácia para mais uns dias de diversão.

Procurar voos para Split

Baños, Equador

 Conversa com os habitantes locais nas termas de Baños, completo com uma vista da cascata

Conversa com os habitantes locais nas termas de Baños, completo com uma vista da cascata

Aluga uma bicicleta de montanha e faz a Ruta de las Cascadas com subidas íngremes entre floresta tropical densa e cascatas estrondosas. Baños, como o nome sugere, é uma cidade conhecida pelas suas termas naturais, alimentadas pelas fontes termais do vulcão Tungurahua. Relaxa nas águas termais da La Piscina de la Virgen na base de uma enorme cascata.

Para tirares uma fotografia que vai fazer inveja aos teus amigos em casa, apanha um autocarro até à Casa del Arbol. Lá encontras um baloiço pendurado no alto de uma casa-na-árvore – vais sentir que estás a voar sobre a floresta tropical, quase a tocar no vulcão activo.

Embora uma das cidades mais seguras do país, ocorrem ainda assim pequenos roubos, por isso mantém-te sempre atento às tuas coisas, evita andar a pé à noite e se precisares de levantar dinheiro, procura fazê-lo durante o dia e evita andar com grandes quantidades de dinheiro.

Procurar voos para Quito

Gyeongju, Coreia do Sul

 O Templo Bulguksa, uma das mais importantes relíquias em Gyeongju, e onde se albergam numerosos tesouros nacionais

O Templo Bulguksa, uma das mais importantes relíquias em Gyeongju, e onde se albergam numerosos tesouros nacionais

Viajar sozinho em Gyeongju é fazer uma viagem rumo à paz interior, especialmente ao deambular pelas Zonas Históricas de Gyeongju . Estes Patrimónios Mundiais da Humanidade UNESCO protegem o Templo Bulguksa , uma obra-prima de arte budista e o lugar onde se encontram muitos tesouros nacionais da Coreia do Sul.

Pagodas anciães, pontes e escadarias levam-te até estátuas do Buda em bronze e sariras (relíquias budistas). Olha para cima – por baixo dos telhados do templo encontras decorações coloridas e motivos com flores de lótus.

Aproveita para visitar também a preciosa Gruta de Seokguram, a uma caminhada curta do templo. O Buda sentado, rodeado de guardas de pedra, é tão frágil que as visitas têm de ser curtas e não é permitido tirar fotografias. Segue o olhar do Buda para o exterior e verás que a vista da gruta se estende sobre o Monte Tohamsan até ao Mar do Japão.

Completa a tua busca a solo por paz interior na tranquilidade do Parque Nacional Gyeongju, ou estende a tua busca um pouco mais além até à praia Homigot na cidade vizinha de Pohang. Duas mãos gigantes irrompem do mar e da margem – as mãos da harmonia e da coexistência. Com os pés na areia e os braços estendidos em direcção ao céu, chegaste ao teu destino.

Procurar voos para Busan

Florianópolis, Brasil

 Apanha sol, faz surf, ou relaxa nas 40 praias à volta da ilha de Florianópolis, como aqui na Praia Mole

Apanha sol, faz surf, ou relaxa nas 40 praias à volta da ilha de Florianópolis, como aqui na Praia Mole

Floripa, como lhe chamam os habitantes locais, é um paraíso para os viajantes e para os mochileiros em busca de praias e festas perfeitas. Os arcos amarelos do Mercado Publico albergam uma panóplia de bancas de artesanato e lojas que vendem pratos locais – se tivesses que escolher só um, atira-te a uma porção generosa de anchova grelhada.

A melhor forma de passar a tarde é a apanhar sol numa das 40 praias da ilha – o mais difícil é escolher entre o ambiente selvagem da Praia do Matadeiro e os muitos bares da Jurerê. O movimento do quotidiano transforma-se num murmúrio à medida que as discotecas aumentam o volume das suas pistas de dança iluminadas com luzes néon.

No caminho de volta a casa, admira as luzes da ponte suspensa Hercilio Luz reflectidas nas águas que te levam à parte continental de Florianópolis.

Procurar voos para Florianópolis

Dublin, Irlanda

 O centro cultural molhado e maluco de Dublin, Temple Bar

O centro cultural molhado e maluco de Dublin, Temple Bar © Nico Kaiser

Ostentando orgulhosamente a sua rica história milenar a par com a sua população internacional e a sua arquitectura contemporânea, é quase impossível não te apaixonares pelos encantos contraditórios de Dublin.

Para o viajante literário, há visitas pela cidade que passam por pequenas ruelas calcetadas campanários anciães e antigas mansões onde viveram em tempos grandes nomes como Oscar Wilde, James Joyce e Bram Stoker. Deixa-te perder num dos muitos espaços verdes de Dublin como o Parque Phoenix com as suas manadas majestosas de veados selvagens.

Uma nação conhecida mundialmente pela sua boa disposição, a forma de conquistar o coração de um irlandês ou irlandesa é através do seu paladar. Dirige-te a um pub Vitoriano tradicional (encontras um praticamente me cada esquina!), senta-te ao balcão e estarás rapidamente a beber Guinness com os teus novos melhores amigos. Em Dublin não é preciso ires à procura de diversão, ela vem ter contigo.

Procurar voos para Dublin

Havana, Cuba

 O típico cenário de rua em Havana, Cuba

O típico cenário de rua em Havana, Cuba

Se estás à procura de um toque picante e sensual para a tua próxima conquista de viagem a solo, então põe-te a caminho de Havana. A segurança dos viajantes (particularmente os que viajam sozinhos) é levada a sério, o que significa que vais encontrar muitos polícias multilingues nos bairros mais movimentados, muitas vezes dotados de boas dicas para onde comer e beber.

Petisca uns croquetes acabados de fritar pelos vendedores de rua antes de ires tirar uma fotografia da Cuba dos dias de hoje, com os seus empreendedores cubanos modernos a vender produtos locais nas lojas, ateliers e cafés da Cidade Velha, La Habana Vieja, com os seus 500 anos de idade.

A viagem não ficaria completa sem um passeio pela esplanada Malecón para ver os carros clássicos americanos e os edifícios coloniais – embora delapidados, curiosamente dotados de energia. Se quiseres mesmo misturar-te com os Habaneros (os habitantes desta cidade eléctrica), então traz um par de sapatos confortáveis, mais uma garrafa de vinho, e passa o serão tropical a dançar frente ao porto.

Procurar voos para Havana

Fiji

 Um pôr-do-sol sobre a costa de Fiji

Um pôr-do-sol sobre a costa de Fiji

Não há como negar: Fiji é um estrondo. A sua costa cor de cristal e as suas praias ladeadas de palmeiras fazem deste lugar o epítome do romance de postal, e podes ter a certeza que este arquipélago isolado aninhado nas profundezas do Pacífico Sul é um lugar de eleição para as luas-de-mel. Mas, com um total de 332 ilhas, terás opções que sobrem para fugires aos pombinhos e encontrares o teu próprio ninho paradisíaco.

Quando te fartares de estar esparramado ao sol, parte a explorar os encantos menos polidos de Fiji. A apenas 30 minutos de carro da cidade capital de Suva, a floresta tropical Colo-i-Suva proporciona os trilhos de caminhada mais esplendorosos de Fiji, com o canto dos seus muitos pássaros a fazer de banda sonora. Se preferes a vida selvagem marinha, dá um mergulho com os peixes exóticos e os recifes de coral que vivem nas águas cristalinas de Fiji.

A precisar de companhia? Os habitantes locais são famosos pela sua hospitalidade e sorrisos calorosos, especialmente para quem está a viajar sozinho. Passa um serão na cidade a fazer amigos, a enfardar Kokoda fresco (a versão de Fiji de ceviche) e a aprender a amar o estilo de vida relaxado de Fiji. Não vai demorar muito.

Procurar voos para Fiji

Toronto, Canadá

 Adquiridas as plumas e purpurina, segue o Desfile do Festival Caribana

Adquiridas as plumas e purpurina, segue o Desfile do Festival Caribana

Provavelmente já ouviste inúmeras cidades serem apelidadas de “vibrante”, mas é a cidade acolhedora e multicultural de Toronto que merece realmente o adjectivo. Com cerca de 200 línguas faladas e uma população de 6.1 milhões, quem viaja a solo vai certamente sentir-se em casa e acolhido de braços abertos pela “cidade mais multicultural do mundo”.

A melhor altura para visitar é no calor do verão, quando as ruas se enchem de gente local e viajantes à procura da sua dose de festival de verão. O Beaches International Jazz Festival está no topo da lista, com 24 dias de concertos públicos gratuitos ao longo do mês de Julho com alguns dos maiores nomes da música jazz.

Ou então, prova uma dose de calipso no Desfile do Festival Caribana , celebrando as comunidades caribenhas vibrantes da cidade no maior festival de rua da América do Norte.

Procurar voos para Toronto

Thimbu, Butão

 O Mosteiro de Taktsang situa-se na encosta de uma falésia no vale de Paro no Butão

O Mosteiro de Taktsang situa-se na encosta de uma falésia no vale de Paro no Butão

Se gostas de viajar sozinho, é provável que não tenhas medo de tomar as rédeas e explorar novas fronteiras. Para uma experiência de viagem independente verdadeiramente inspiradora, o Butão é o destino certo.

Famoso pelos seus mosteiros-fortaleza nas montanhas e a sua “felicidade interna bruta” mais alta que o seu PIB, o Butão só abriu as suas portas ao turismo internacional há uns 30 anos, e continua relativamente ileso de influência Ocidental.

Aliás, o estado é de tal forma protector das suas raízes e da sua cultura que uma visita ao país tem de ser pré-aprovada e pré-paga, através da inscrição em visitas de grupo que proporcionam um leque de viagens exóticas para os viajantes curiosos que querem explorar o místico reino do Butão (quem viaja sozinho pode inscrever-se também num tour privado, permitindo maior flexibilidade pessoal).

E ficas a saber que estes budistas gostam de festa! Decorrem festivais de comida, música e dança ao longo do ano inteiro no Butão, o que significa que, seja em que altura visitares, é provável dares de caras com algum motivo para celebrar.

Procurar voos para Paro

Juneau, Alasca

 A frente do Glaciar Mendenhall em Juneau, no Alasca

A frente do Glaciar Mendenhall em Juneau, no Alasca

Nenhum homem é uma ilha, mas no Alasca é quase como se fosse. De entre os dois milhões de viajantes que visitam anualmente, 16% viajam sozinhos no Verão, e até 72% no Inverno*, sedentos de fugir ao caos do resto do mundo e olhar para o abismo da beleza dramática dos glaciares, passear pelos parques nacionais com dimensões uma vez e meia maiores que a Suíça, ou confraternizar com os ursos.

A natureza aqui é realmente extraordinária, por isso – uma vez fora da capital encantadora mas sonolenta de Juneau – é melhores estares preparado para fazer de explorador. Se conseguires atravessar o gelo, faz uma viagem de pesca pelo Fiorde Tracy Arm. Depois sobe abordo de outro barco para ires ver a Passagem Interior e seres confrontado com os verdadeiros reis do mundo aquático – as orcas!

Procurar voos para Juneau

Queenstown, Nova Zelândia

Bicicletas de montanha no Queenstown Bike Park

Bicicletas de montanha no Queenstown Bike Park © Skyline Queenstown

A Nova Zelândia é um destino de viagem incrivelmente acolhedor, e óptimo para viajantes a solo com vontade de conhecer outros itinerantes independentes que aqui aterram à procura de bons momentos.

Podes ir gozar as actividades associadas ao Senhor dos Anéis em Wellington, mas os verdadeiros aventureiros seguem para Queenstown. Esta cidade cativante à beira lago merece realmente a sua alcunha de “Capital Mundial da Aventura”, com um milhão de visitas – tanto grupos como viajantes independentes – chegando todos os anos para aproveitar o rafting, pára-quedismo, bungee jumping e pistas de ski pretas nas estâncias da cordilheira Remarkables.

Procurar voos para Queenstown

Gotemburgo, Suécia

 Os telhados coloridos de Gotemburgo, Suécia

Os telhados coloridos de Gotemburgo, Suécia

Sempre ofuscada pela lindíssima, embora cara, cidade capital sueca de Estocolmo, a muito simpática cidade de Gotemburgo também tem muita cultura e estilo escandinavo para oferecer, muitas vezes com preços bastante mais acessíveis para quem está a viajar sozinho ou com orçamento.

Com ou sem sol, vais deixar-te seduzir pelos aromas maravilhoso que emanam do Jardim Botânico de Gotemburgo , um dos centros de plantas mais floridos de toda a Europa. Come um petisco rápido no mercado de comida Stora Saluhallen e põe-te a caminho do Passeio de Barco Paddan .

Este passeio relaxante é uma das melhores formas de te orientares enquanto atravessas os canais do século XVII e passas por baixo das 20 pontes do centro da cidade.

Mas esta cidade de porto charmosa não é só fortes antigos; Gotemburgo é também solo fértil para alguns dos mais brilhantes novos talentos de design do país. Vais dar por isso quando vires as lojas à volta da rua Magasinsgatan, bem como no centro líder mundial da moda e das artes aplicadas, o Museu Röhsska.

Procurar voos para Gotemburgo
À procura de mais inspiração? Espreita a nossa lista dos 20 conselhos indispensáveis para viajar sozinho

*Estatísticas com base no ‘Alaska Visitor Statistics Program’ (AVSP) de 2011