Turismo acessível: guia de Lisboa para viajantes com mobilidade reduzida

Na continuação da nossa série sobre cidades acessíveis, a blogger de viagem Jay Abdullahi leva-te numa tour por Lisboa, percorrendo o A a Z de acessibilidade na capital portuguesa.

Lisboa é a combinação perfeita de vistas bonitas, comida deliciosa e história cativante

Lisboa é a combinação perfeita de vistas bonitas, comida deliciosa e história cativante

Categoria Cidades

Data 21/11/2016

Um destino perfeito para uma viagem urbana, Lisboa é não só a segunda capital mais antiga da Europa – a seguir a Atenas – mas também se encontra muito bem situada sobre a costa, o que significa que nunca estás muito longe das bonitas águas.

Entre as vistas cativantes dos miradouros espectaculares da cidade, a culinária de alta qualidade e a sua história fascinante, vais ter muito por onde escolher durante a tua visita. Mergulha na arquitectura gótica e herança marítima de Lisboa enquanto desfrutas da paisagem estonteante, dos Alfacinhas acolhedores e do sol que brilha praticamente o ano inteiro nesta cidade de sete colinas.

Como chegar e rede de transportes

Lisboa tem uma rede de transportes bem interligada com táxis, comboios, autocarros e eléctricos, como qaqui na Gare do Oriente
Lisboa tem uma rede de transportes bem interligada com táxis, comboios, autocarros e eléctricos, como aqui na Gare do Oriente

Aterrando no Aeroporto da Portela, estás a apenas sete quilómetros do centro da cidade, o que se traduz numa viagem agradavelmente fácil e rápida. Os viajantes com cadeira de rodas ou outras limitações de mobilidade poderão usar o serviço de assistência especial, proporcionando convenientemente pelo aeroporto. O serviço de assistência MyWay pode ser organizado ao reservares o teu voo, ou até 48 horas antes do mesmo, mas tenta sempre marcar com a maior antecedência possível.

Devido à proximidade do aeroporto ao centro da cidade, poderás escolher apanhar um táxi até ao teu alojamento. Com um tempo de viagem de cerca de 15 minutos e um preço de à volta de 15€, é uma escolha sensata para quem tem pouco tempo ou precisa de algum apoio extra.

Em comparação com outras capitais europeias, os transportes em Lisboa são relativamente baratos. Um bilhete de autocarro do aeroporto até ao centro custa menos de 2€, por isso também podes guardar uns trocos para os pastéis de nata.

 Os eléctricos mais recentes são muito mais acessíveis para viajantes com mobilidade reduzida
Os eléctricos mais recentes são muito mais acessíveis para viajantes com mobilidade reduzida

Os eléctricos à moda antiga que atravessam a cidade, um ícone celebrado da capital portuguesa, infelizmente não têm acesso para cadeira de rodas e seriam difíceis com qualquer tipo de limitação de mobilidade. Mas não te preocupes, embora os eléctricos novos sejam menos encantadores, são muito mais acessíveis a partir da maioria das paragens, por isso não ficas a perder a experiência. Certifica-te de antemão que a paragem que vais usar tem acesso.

O Metro de Lisboa vai até ao aeroporto pela linha vermelha, e é a opção mais eficiente em termos de tempo e custo. Para além disso, a maioria das paragens de metro têm acesso para cadeira de rodas e – de não menosprezar – são notavelmente limpas. O metro tem quatro linhas diferentes e todas as paragens, com umas poucas excepções, estão abertas até à uma da manhã.

DICA: Para poupares dinheiro, compra um cartão que combina autocarro e metro para o número de dias necessários.

Alojamento

 O bairro pitoresco de Alfama proporciona um bom ambiente para a tua escolha de alojamento
O bairro pitoresco de Alfama proporciona um bom ambiente para a tua escolha de alojamento

Lisboa tem óptimas opções de alojamento disponíveis para todo o tipo de orçamento, o Independente Hostel & Suites, por exemplo – um hostel lindo de morrer situado no Bairro Alto. Ficas mesmo ao lado do Miradouro de São Pedro de Alcantara, de onde podes desfrutar de vistas panorâmicas sobre a cidade até ao Castelo de São Jorge e a Baixa de Lisboa. O hostel tem um elevador para utilizadores de cadeirinha de rodas e viajantes com mobilidade reduzidas. Camas a partir de 12€ por noite.

DICA: Ao escolheres um hotel ou hostel perto da linha vermelha, terás um caminho de regresso fácil ao aeroporto.

Se estás à procura de algo um pouco mais sofisticado, recomendamos o memmo Alfama. Este hotel de 4 estrelas moderno fica situado no pitoresco bairro de Alfama, perto de uma paragem do icónico eléctrico, perfeito para a obrigatória fotografia do Instagram.

Nos meses mais quentes, o seu bar de vinho e piscina no terraço proporcionam uma fuga fresca às ruas abrasadoras, e com instalações para pessoas com mobilidade reduzida disponíveis, não te vai faltar nada. Assegura-te de que informas o pessoal de quaisquer requisitos específicos necessários antes da tua chegada. Quartos a partir de 120 – 130€ por noite.

Curioso por encontrar mais alojamento fantástico? Espreita estes 10 hostels incríveis em Lisboa.

Turismo

 Uma antiga fortaleza moura, o Castelo de São Jorge foi usado como palácio real pelo primeiro Rei de Portugal
Uma antiga fortaleza moura, o Castelo de São Jorge foi usado como palácio real pelo primeiro Rei de Portugal

As colinas de Lisboa são a sua maior qualidade e o seu pior feitio. Tens vistas extraordinárias dos muitos miradouros, mas terás que lutar por cada uma. Uma antiga fortaleza moura e palácio real usado pelo primeiro Rei de Portugal, Dom Afonso Henriques, o Castelo de São Jorge é um dos lugares com vistas sem igual da cidade.

Há muitos degraus para subir até aos pontos mais altos do castelo, contudo, os utilizadores de cadeiras de rodas ainda poderão desfrutar da vista dos níveis mais baixos da muralha. Os canhões e sítios arqueológicos ficam situados mais a baixo, onde encontras também um café – situado convenientemente à sombra. Há serviços personalizados disponíveis para pessoas com mobilidade reduzida, e os cães-guia são bem-vindos.

 O Mosteiro dos Jerónimos era antigamente populado por monges que serviam de guias espirituais aos marinheiros
O Mosteiro dos Jerónimos era antigamente populado por monges que serviam de guias espirituais aos marinheiros

Um sonho tornado realidade para muitos amantes da arquitectura, o Mosteiro dos Jerónimos apresenta um exterior gótico com semelhanças ao edifício do Parlamento de Budapeste. Com esculturas e desenhos marítimos elaborados, este Património Mundial da UNESCO era antigamente populado por monges que serviam de guias espirituais aos marinheiros.

Há uma rampa disponível para entrar no mosteiro, mas é preciso subir alguns degraus para entrar na igreja. O mosteiro proporciona uma visita táctil para pessoas com deficiência visual, mas tenta avisar com bastante antecedência. Há uma casa-de-banho para pessoas com mobilidade reduzida no mosteiro, o que facilita muito a vida.

Comer e beber

 Usa sapatos confortáveis para ir à Cervejaria Ramiro - podes ter de esperar um bom bocado, mas vai valer a pena
Usa sapatos confortáveis para ir à Cervejaria Ramiro – podes ter de esperar um bom bocado, mas vai valer a pena

Não pode ser exigido de ninguém fazer tanto turismo sem qualquer coisa para comer! Felizmente para ti, comida boa é coisa que não falta em Lisboa. Situada ao pé da água, Lisboa tem óptimas opções para amantes de peixe fresco e marisco. A Cervejaria Ramiro é, por boas razões, um restaurante de peixe e marisco popular entre habitantes locais e turistas – chegando a ter filas que saem porta fora. Tenta lá passar fora das horas de ponta e leva sapatos confortáveis para estares pronto para esperar. Vai valer a pena!

E, claro, há os Pastéis de Belem. Os mais deliciosos pastéis que alguma vez provaste. A receita anciã vem do Mosteiro dos Jerónimos e mantém-se igual desde os anos 30 do Séc. XIX. Frescos todos os dias, podes ter a certeza que são feitos com muito amor e carinho. As caixas para levar vêm decoradas com os tons azul e branco dos azulejos portugueses distintivos que decoram o interior da loja.

DICA: É mesmo ao lado do Mosteiro, por isso passa lá antes, depois, ou os dois!

Sair à noite

 Se queres sair para a noite lisboeta, experimenta a zona do Cais do Sodré
Se queres sair para a noite lisboeta, experimenta a zona do Cais do Sodré

Agora que já comeste o teu peso em marisco e encheste o bucho de vinho, já só te falta uma coisa: festa! Com uma lista impressionante de sítios à escolha, é difícil saber por onde começar. O Cais do Sodré renasceu recentemente como a melhor nova zona para sair à noite em Lisboa, e há quem diga que já ultrapassou mesmo o Bairro Alto, por isso não percas.

Mas não te esqueças do Bairro Alto. Comparável a Nova Orleães, este bairro cheio de alma é também uma óptima escolha, cheio de bares e música ao vivo à espera de te acolher. Enquanto estiveres por lá, passa pelo Pavilhão Chinês – um barzinho idiossincrático que foi em tempos uma mercearia, e depois um museu de brinquedos que também serve cocktails. Se alguma vez te perguntaste como seria beber com soldadinhos de chumbo, eis a tua oportunidade de descobrir.

Se estás à procura de algo um pouco mais sossegado, um bom bairro para visitar é a Baixa. Cheia de cafés e restaurantes, esta é uma das zonas com melhores acessos para pessoas com mobilidade reduzida na cidade, visto que grande parte é plana – incluindo a famosa Praça do Comércio. A partir do Terreiro do Paço consegues ver o Arco da Rua Augusta, isso e muitos outros turistas.

Apetece-te um lanchinho? Andando um pouco mais, chegas à padaria Bread 4 You. Estão abertos para o pequeno-almoço, almoço e jantar (até às 23h), por isso até poderias ficar na Baixa até mais tarde e apanhar o metro para casa.

Área circundante

 Precisas de te refrescar? A 35 minutos de Lisboa fica o paraíso à beira-mar que é Cascais
Precisas de te refrescar? A 35 minutos de Lisboa fica o paraíso à beira-mar que é Cascais

Com um clima Mediterrâneo e temperaturas médias no Verão quase a chegar aos 30 graus, pode ser que queiras fugir da cidade para uma praia. Nesse caso, Cascais é o sítio ideal para ti. Esta cidade à beira-mar fica a cerca de 35 minutos de Lisboa e de acesso fácil saindo de comboio da estação do Cais do Sodré.

Uma das melhores praias ao longo da costa é a Praia de Carcavelos, mas para aproveitares ao máximo tenta ir num dia de semana. Caso contrário, vais estar a apanhar sol com Lisboa inteira.

Outro lugar fantástico para visitar ainda perto de Lisboa é Sintra. Apanha o comboio da estação do Rossio na zona da Baixa e 40 minutos mais tarde estarás em Sinta – uma verdadeira pérola na coroa portuguesa.

Como a capital, esta cidade tem muitas colinas, mas o projecto The Welcome Better proporciona acessibilidade total a muitos dos maiores pontos de interesse em Sintra, incluindo o Castelo de Mouros, e os Palácios de Sintra e da Pena. Há cadeiras de rodas à disposição, lugares de estacionamento reservados, casas-de-banho e até uma plataforma para cadeiras de rodas que te leva até ao castelo.

DICA: Pode entrar contigo um acompanhante gratuitamente, mas será necessário comprovativo de deficiência.

Para quem precisar de um guia, é possível reservar uma visita acessível por cadeira de rodas com a Adapted Tours Portugal. A empresa proporciona uma visita que cobre Sintra, Cascais e Estoril num dia, e podem-te ir buscar ao teu alojamento!

Procurar voos para Lisboa
Segue a Jay e as suas viagens Jay on Life, e não deixes de ler o nosso guia de Atenas para viajantes com mobilidade reduzida. Para mais dicas e destinos, vista a página de ideias para viagens da momondo.

Publicado

21/11/2016