10 beijos famosos em locais românticos

Queres um beijo épico como o fazem no cinema? Agarra-te à tua cara-metade nestes locais românticos para momentos íntimos perfeitos.

A interpretação de Eduardo Kobra da fotografia do beijo do Dia da Vitória sobre o Japão
A interpretação de Eduardo Kobra da fotografia do beijo do Dia da Vitória sobre o Japão (Manhattan, 25th St at 10th Ave) © -Jérôme-

Não é preciso seres uma estrela de cinema ou uma lenda intemporal para seres a personagem principal na tua história de amor internacional. Monta o cenário – tu e a tua cara-metade, transportados para estes locais românticos para recriar os beijos que os tornaram famosos. Levem o batom de cieiro e toca a percorrer a lista aos beijinhos!

O beijo na neve da Bridget Jones – Londres, Reino Unido

O Royal Exchange em Londres, onde a Bridget e o Darcy se beijam finalmente no Diário da Bridget Jones

O Royal Exchange em Londres, onde a Bridget e o Darcy se beijam finalmente no Diário da Bridget Jones

Se correr na neve de cuecas é o que te ocorre quando pensas em romance, marca as tuas próximas férias para Londres e reencena este beijo romântico com a tua cara metade. No filme O Diário de Bridget Jones, a protagonista Bridget Jones (Renée Zellweger) corre do seu apartamento com muito pouca roupa para se atirar aos braços do seu amado Mark Darcy (Colin Firth) enquanto cai neve à sua volta.

A cena passa-se à frente do Royal Exchange de Londres, por isso se planeias correr até lá a partir do apartamento da Bridget na Bedale Street do outro lado do Tamisa, leva um par de calças (e o nosso guia da cidade de Londres GRATUITO para iPhone para encontrares o caminho).

Encontrar voos para Londres

O trágico Callejón del beso – Guanajuato, México

O amor é eterno sob as varandas do Callejón del beso

O amor é eterno sob as varandas do Callejón del beso

A história do Callejón del beso (Beco do beijo) em Guanajuato é uma história de amor trágica, comparável ao Romeu e Julieta. A Doña Carmen, a filha de homem ganancioso e violento, apaixona-se perdidamente, para desespero de seu pai, pelo Don Luis, um mineiro pobre. Embora o pai da Doña Carmen a tenha confinado a um quarto para impedir que o casal se encontrasse, o Don Luis comprou a casa do outro lado do pequeno beco e os dois apaixonados puderam partilhar um beijo inclinando-se das suas varandas. Como sucede com qualquer tragédia romântica, o pai da Doña Carmen, furioso, entrou de rompante no quarto e assassinou a filha enquanto o Don Luis ainda lhe segurava a mão.

Hoje reza a lenda que dar um beijo no terceiro degrau do beco traz amor eterno, e qualquer outro degrau traz azar. Por isso, cuidado com o degrau!

Encontrar voos para Guanajuato

A Deborah Kerr e o Burt Lancaster no Até à Eternidade — Halona Cove, Oahu, Havai

O beijo icónico entre a Deborah Kerr e o Burt Lancaster no filme Até à Eternidade

O beijo icónico entre a Deborah Kerr e o Burt Lancaster no filme Até à Eternidade

No filme Até à Eternidade, o Primeiro Sargento Milton Warden (Burt Lancaster) e a Karen Holmes (Deborah Kerr) beijam-se enquanto os seus corpos deitados na areia são engolidos pelas ondas – mais sensual que isto é difícil. Por isso põe o protector solar, insere Halona Cove no teu GPS, e revive este beijo épico. Quando as ondas batem com força suficiente nas falésias, o Halona Blowhole, visto de cima, jorra água salgada e vapor no ar, tornando o teu beijo nada menos que explosivo.

Recriar esta cena requer um bom par de sapatos e algum talento para escalar as rochas afiadas, íngremes e escorregadias. Os corajosos que chegarem à praia privada são recompensados pelo seu esforço com ondas azuis imaculadas a rebentar na margem, relativamente isolada do resto do mundo (à excepção de outros fãs corajosos que também tenham feito a escalada).

Encontrar voos para Honolulu

O Beijo de Robert Doisneau ao lado do Hotel de Ville — Paris, França

Paris – a cidade do amor e do icónico beijo de Robert Doisneau

Paris – a cidade do amor e do icónico beijo de Robert Doisneau

A azáfama de parisienses a caminho do trabalho, o trânsito ensurdecedor, os espectadores na esplanada do café – nada disso pareceu importar para a Francoise Bornet e o Jacques Carteaud, absorvidos num beijo sensual em frente ao Hôtel de Ville (Câmara Municipal).

O Robert Doisneau, testemunha desta troca amorosa, teve de capturar o momento, mesmo que envolvesse pedir ao casal que reencenasse o beijo. Quando entrevistados sobre a fotografia, o casal afirmou que o beijo da pose era tão verdadeiro quanto o primeiro, fazendo desta fotografia dos anos 50 uma representação sincera da Cidade do Amor.

Os beijos são de graça, bem como o nosso guia da cidade de Paris GRATUITO. Descarrega-o para o teu iPhone através da App Store.

Encontrar voos para Paris

Um casal improvável no Planeta dos Macacos – Malibu, Califórnia, EUA

É difícil de imaginar um planeta dos macacos nas praias de Malibu

É difícil de imaginar um planeta dos macacos nas praias de Malibu

Nas praias solarengas de Malibu, é mais provável que encontres loiras bem-feitas e surfistas encorpados que um símio falante. No entanto, em 1968, os espectadores viram o astronauta George Taylor (Charlton Heston) e a chimpanzé Zira (Kim Hunter) darem um beijo durante uma cena do Planeta dos Macacos. O beijo entre astronauta e macaco foi filmado numa praia entre a Zuma Beach e Point Dume em Malibu, na Califórnia – a apenas uma hora de carro de Hollywood, também tu podes reviver esta cena blockbuster (com a criatura à tua escolha).

Encontrar voos para Los Angeles

O infame Don Juan – Andaluzia, Espanha

Inspirado no Don Juan? Um casal monta a cavalo num festival em Sevilha

Inspirado no Don Juan? Um casal monta a cavalo num festival em Sevilha

Don Juan – o homem, a lenda. Uma lista de beijos ficaria incompleta sem menção deste notório ‘serial-kisser’. Têm surgido várias interpretações da personagem desde a peça do século XVII de Tirso de Molina, El Burlador de Sevilla (O Trapaceiro de Sevilha), onde o Don Juan incarna o pecado, a luxúria e o diabo em si.

Por toda a Andaluzia, até Cádis (de acordo com o poema de Lord Byron), e até alcançando Pisa, em Itália (de acordo com um filme epónimo de 1926), o Don Juan faz com que a sedução pareça brincadeira de crianças. Várias fontes mencionam que nesta versão, o Don Juan detém o recorde para maior número de beijos num filme, com uma média de um beijo por minuto.

Para aumentares as tuas oportunidades de sedução na Andaluzia, experimenta dar um pezinho de dança com o fogoso flamenco, mas cuidado para não seres beliscado por uma castanhola na tentativa de roubar uns beijos!

Encontrar voos para Sevilha

O beijo intemporal do Dia da Vitória sobre o Japão — Times Square, Nova Iorque, EUA

Casais vestidos de marinheiros congregam em Times Square para se beijarem defronte de uma réplica do beijo do Dia V-J

Casais vestidos de marinheiros congregam em Times Square para se beijarem defronte de uma réplica do beijo do Dia V-J

Este beijo no meio da comoção pós-guerra em Times Square é um cliché que deu a volta ao globo. A história verdadeira por trás do casal que se beija – o quartel-mestre da Marinha George Mendonsa e a assistente dentária Greta Zimmer – não é propriamente um grande romance, mas sim um momento impulsivo de celebração. O par congelado no tempo transformou-se numa imagem de amor americana, proporcionando um profundo contraste à violência da guerra.

A fotografia foi originalmente tirada por Alfred Eisenstaedt em Agosto de 1945 – no dia em que o Japão se rendeu, terminando efectivamente a Segunda Guerra Mundial. O beijo foi imortalizado numa escultura erguida temporariamente em 2015 em Times Square onde tudo começou, mas também podes encontrar o casal gigante erguido à beira-mar em San Diego, na Califórnia, em Sarasota, na costa da Flórida.

Vais até à ‘Big Apple’? Descarrega o nosso guia da cidade Nova Iorque GRATUITO para o teu iPhone através da App Store.

Encontrar voos para Nova Iorque

Romance em Casablanca – Casablanca, Marrocos

Revive o Casablanca no ‘Rick's Café Americain’

Revive o Casablanca no ‘Rick’s Café Americain’

No cenário preto-e-branco do filme Casablanca de 1942, um casal apaixonado volta a encontrar-se após muito tempo e partilha uma relação secreta e arriscada. À medida que as forças Nazis ganham território na Europa, a escolha entre ficar com a Ilsa Lund (Ingrid Bergman), a mulher que ele ama, ou ajudá-la a obter um visto para os Estados Unidos é uma decisão de partir o coração que o Rick Blaine (Humphrey Bogart) tem de tomar.

São muitas as citações notáveis e beijos melodramáticos que marcam o ritmo deste filme, ao som de As Time Goes By do Herman Hupfeld. O Rick’s Café, onde decorrem cenas chave do filme, existe mesmo numa mansão com pátio ao longo da muralha da antiga Medina. Quando o piano dos anos 30 toca essa canção, é a tua deixa para dares um beijo à tua cara-metade. Se não reviveres esta cena: ‘Vais arrepender-te, talvez não hoje, talvez não amanhã, mas dentro em breve e para o resto da tua vida.’

Encontrar voos para Casablanca

O primeiro beijo lésbico da Marinha – Virginia Beach, Virginia, EUA

O primeiro “primeiro beijo” lésbico após o desembarque do USS Oak Hill

O primeiro “primeiro beijo” lésbico após o desembarque do USS Oak Hill

Parece que os marinheiros são populares no que toca a beijos famosos! Em Dezembro de 2011, o navio USS Oak Hill regressou à base naval em Virginia Beach após 80 dias na América Central. As famílias esperavam impacientemente nas docas, de olhos postos no navio, para poderem abraçar os seus entes queridos. A velha tradição do “primeiro beijo” – um marinheiro sortudo escolhido por sorteio para desembarcar primeiro – ficou para a história no dia em que a Suboficial de Segunda Classe Marissa Gaeta ganhou a oportunidade de beijar a sua namorada Suboficial de Terceira Classe Citlalic Snell, acompanhadas do aplauso da multidão.

Pode não haver público para aplaudir o teu beijo ao recriares este beijo naval, mas poderás encontrar as multidões a explorar a histórica Baía de Chesapeake vizinha, notável pelo estabelecimento da primeira colónia inglesa nos Estados Unidos no século XVII.

Encontrar voos para Norfolk

A Fonte de Trevi no La Dolce Vita – Roma, Itália

Atira as tuas moedas para a Fonte de Trevi onde foi filmada uma cena famosa do filme La Dolce Vita

Atira as tuas moedas para a Fonte de Trevi onde foi filmada uma cena famosa do filme La Dolce Vita

O epítome do charme italiano é gozar la dolce vita (a doce vida) enquanto em Roma. No filme com o mesmo nome, a Sylvia (Anita Ekberg), pingando sensualidade, decide tomar um banho nocturno na Fonte de Trevi. O seu admirador Marcello Rubini (Marcello Mastroianni) vem ao seu encontro nas águas da fonte e, embora não seja propriamente um beijo, a cena é tão sensual que é praticamente como se fosse.

Mergulhar na Fonte de Trevi é proibido, mas usar a obra-prima arquitectónica de Nicola Salvi como pano de fundo para um momento romântico é permitido e mesmo encorajado. Leva um bolso cheio de trocos se planeias participar na tradição de atirar uma moeda para dentro da fonte – o lançar de uma moeda supostamente assegura que um dia voltarás a Roma. Prepara-te para a viagem descarregando o nosso guia da cidade de Roma GRATUITO para o teu iPhone através da App Store.

Encontrar voos para Roma
À procura de mais inspiração de viagem? Espreita estes hotéis românticos em Barcelona ou estes espaços sossegados em Bangkok para roubar beijos.